SORRIR

Placa ou biofilme oral?

Placa: removida. Superfícies dentárias: polidas. Contudo, mal sais do consultório dentário, tudo começa novamente na tua boca.

Colutórios antibacterianos - melhorados com ingredientes naturais - Placa: removida. Superfícies dentárias: polidas. Contudo, mal sais do consultório dentário, tudo começa novamente na tua boca.

Após uma limpeza efetuada no dentista, bastam apenas alguns minutos para se começar a desenvolver uma fina película sobre o esmalte do dente. Esta película – chamada biofilme oral – é constituída essencialmente por proteínas presentes naturalmente na saliva, sendo que o seu objetivo é proteger os dentes do contacto com ácidos agressivos para o esmalte dentário. Este biofilme funciona também como uma membrana lubrificante, protegendo os dentes do efeito abrasivo resultante da mastigação de alimentos e do contacto com outros dentes. Nesta primeira fase, a película formada é benéfica para os dentes.

Colutórios antibacterianos - melhorados com ingredientes naturais - Sistema patogénico

Sistema patogénico

Não tarda muito até as bactérias começarem a aderir a esta película recém-formada. As bactérias começam posteriormente a formar uma massa pegajosa – mais conhecida por placa bacteriana – a partir de açúcares e proteínas resultantes de resíduos alimentares. Numa fase inicial, este biofilme é muito fácil de remover. No entanto, se não for removido rapidamente, a placa bacteriana cresce, ganha estrutura e solidifica, ficando posteriormente depositada por baixo de um novo biofilme. É desta forma que um amigo dos nosso dentes rapidamente se transforma num inimigo.

Colutórios antibacterianos - melhorados com ingredientes naturais - E agora?

E agora?

Poderás pensar que a existência de um ligeiro biofilme não é preocupante, mas a verdade é que passados alguns dias, inúmeros nutrientes e produtos resultantes do metabolismo são sistematicamente trocados entre as várias camadas do biofilme, o que danifica tanto os dentes como a gengiva. Por exemplo, algumas bactérias metabolizam o açúcar e, posteriormente, segregam ácidos extremamente agressivos que dissolvem os sais minerais da superfície dos dentes, levando frequentemente ao desenvolvimento de cáries.

Colutórios antibacterianos - melhorados com ingredientes naturais - Um truque da natureza

Um truque da natureza

O sulco gengival também reage à formação deste biofilme e aos produtos resultantes do metabolismo dos seus microrganismos: torna-se num ambiente hóstil para as bactérias, formando-se a inflamação gengival. A gengivite é, portanto, um truque da natureza que favorece a eliminação do biofilme. No entanto, a longo prazo, as gengivas vão ficando danificadas durante este processo. Se a gengivite permanecer muito tempo por ser tratada, pode conduzir ao desenvolvimento de periodontite, ou seja, à destruição do tecido de suporte dentário. Este processo é irreversível e, mais tarde ou mais cedo, resulta na perda de dentes.

Colutórios antibacterianos - melhorados com ingredientes naturais - Remoção do biofilme

Remoção do biofilme

É fácil remover o biofilme com uma escova de dentes, um escovilhão interdentário e fio interdentário, ou pode, pelo menos, perturbar-se o seu desenvolvimento, o que é igualmente útil. A formação da placa bacteriana é então diminuída por um período máximo de 24 horas. Até lá, já o biofilme se organizou novamente e o seu perigoso sistema de trocas metabólicas continua em movimento.

Colutórios antibacterianos - melhorados com ingredientes naturais - Assim sendo

Assim sendo

Vale a pena seres amigo dos teus dentes, evitando comer demasiado açúcar e bebidas acídicas, como sumos de fruta, refrigerantes e bebidas energéticas, retardando assim o crescimento da placa bacteriana através do biofilme. No que diz respeito à placa bacteriana mais antiga, amadurecida e prejudicial, deves escová-la regularmente de forma a que esta se desintegre, utilizando uma escova dentífrica, escovilhão interdentário e fio dentário.  

xs
sm
md
lg